domingo, 3 de abril de 2016

Luís Altério





[se volta e meia penso no dia]

se volta e meia penso no dia?
- penso, penso…
o que ele,
o dia,
exerce em mim
para o temer?
- não sei, não sei…
o que sei é
que é minha tarefa
pensar no dia.

Luís Altério, in “Coisa em terceto de assim e Essa cisma que é o dia”, n.º 16, da série “mínima”, página 26, edições Temas Originais, 2016.

1 comentário:

Luis Altério disse...

Tanta honra! Obrigado, Poeta!