domingo, 11 de julho de 2010

O teu último beijo

No dia
Da tua visita
Entrei num quarto
Com cheiro a éter
Sorri
Engolindo as lágrimas
Que me deixaste
Ao partir...
No meu rosto
Ficou o teu último beijo
E nas minhas mãos
O vazio
Das histórias
Que inventámos
Juntas

E voltei a sorrir
Engolindo as lágrimas
Que me deixaste
Ao partir...

Manuela Fonseca

in livro "O Último Beijo" (em dedicatória, da autora, à avó Júlia, ao momento da sua partida...), edições Temas Originais

3 comentários:

Manuela Fonseca Amaral disse...

António, não esperava este miminho e agradeço-to do fundo do meu coração com os olhos marejados de lágrimas. Ler este meu poema, na tua sala de estar, fez com que eu tivesse outra perspectiva dele.

És dos melhores amigos que já conheci!!! Um obrigado e aquele xi-coração que reservo só para os bons amigos!

Beijinhos de Amizade!

Manuela Fonseca

Um Poema disse...

....

Um livro que vale a pena ler, sem dúvida.

Um abraço

Hisalena disse...

Um poema que reval uma grande saudade mas também uma enorme sensibilidade, uma alma terna e cheia de encanto.
Um poema que relatando um triste evento acaba por não ser triste porque nunca é triste falar de quem amamos...mesmo que já tenha partido numa outra viagem.