quarta-feira, 18 de agosto de 2010

O suave correr da lágrima

Corre a lágrima tão perfeita,
corre descendo com afeição;
vai por uma mente desfeita
ou pelo quebrar duma ilusão.

Apesar de correr na tristeza,
pode acontecer numa alegria.
Nunca temos a total certeza
Poderá ser simples magia!...

A lágrima dos sentimentos
pode correr tão abundante
como a água saída da fonte.

Será por nossos lamentos,
por um sorriso irradiante
Ou por algo que nos afronte?

António MR Martins

imagem em: http://umdiatudovaimudar.zip.net/ (na net)

1 comentário:

Humana disse...

Lindo!
Podem ser tantos os motivos para as lágrimas rolarem pelo nosso rosto...
Um beijinho.